Estudantes inscritos no Enade que não fizeram a prova precisam justificar ausência

Justificativa deve ser oficializada no período entre 02 de janeiro e 05 de fevereiro, pelo Sistema Enade

02/12/2019 - Notícias

Inscritos no Enade que não fizeram a prova precisam justificar ausência (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Inscritos no Enade que não fizeram a prova precisam justificar ausência (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Os estudantes inscritos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019 que não realizaram a prova no último domingo, 24 de novembro, precisam oficializar uma justificativa, de 02 de janeiro a 05 de fevereiro, pelo Sistema Enade (enade.inep.gov.br/enade/#!/index). Isso será indispensável para regularizar a situação junto ao exame e poder concluir o curso superior.
 
A realização da prova e o preenchimento do Questionário do Estudante são componentes curriculares obrigatórios para a obtenção do diploma da graduação. O exame é destinado a estudantes concluintes de cursos de graduação. Ingressantes também são inscritos, mas não fazem o teste.
 
VEJA OS CRITÉRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE DISPENSA:
 
Ausência por motivo pessoal do estudante
 
A solicitação de dispensa tem que ser solicitada pelo estudante exclusivamente pelo Sistema Enade. Somente alunos que responderam ao questionário vão conseguir regularizar a situação com esse procedimento.
 
A dispensa será concedida em casos de:
- acidentes;
- assalto;
- casamento;
- extravio, perda, furto ou roubo de documento de identificação;
- luto;
- acompanhamento de cônjuge transferido(a) de município por seu empregador;
- saúde;
- maternidade;
- paternidade;
- atividade acadêmica;
- concurso público ou processo seletivo de trabalho intercâmbio;
- privação de liberdade;
- trabalho.
 
Caso o coordenador do curso indefira o pedido, cabe recurso ao estudante junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela aplicação do exame, sempre pelo Sistema Enade.
 
Ausência por iniciativa das instituições de ensino superior
 
A dispensa pode ocorrer por compromissos acadêmicos vinculados ao curso avaliado pelo Enade, como atividade curricular e intercâmbio acadêmico. Ainda pelo Sistema Enade, a instituição deve apresentar declaração ou documento que comprove a participação do estudante em atividade curricular. Também nesses casos o estudante terá garantida a regularidade apenas se tiver preenchido o questionário no período estipulado em edital.
 
Declaração de Responsabilidade da instituição de ensino superior
 
Há situações em que estudante habilitado não foi inscrito no edital ou não foi informado sobre a sua inscrição, além de outras situações que inviabilizem integralmente a participação do estudante, por ato ou omissão da instituição de ensino. A regularização do estudante ocorrerá mediante registro no Sistema Enade, por ação direta e exclusiva do coordenador de curso. Apenas nessa situação o estudante é dispensado da obrigatoriedade de responder ao questionário.
 
Enade 2019
 
O Enade deste ano foi aplicado em 1.217 locais espalhados por 1.063 municípios de todo o país. Nesta edição, aproximadamente 9 mil cursos de 29 graduações ofertadas por 1.953 instituições de educação superior serão avaliados. O Questionário do Estudante foi respondido por 93,7% dos participantes.
 
Cursos
 
Na edição deste ano, o exame avalia os cursos de ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e os cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança.
 
 
Informações: Ministério da Educação / Governo do Brasil
Edição: Mery Regina Griebler


Leia também:

Enade será aplicado para 435 mil estudantes neste domingo