Cabo submarino conecta Brasil com a Europa

Tecnologia faz com que o envio de informações entre Brasil e Europa não precisem mais passar pelos Estados Unidos

01/06/2021 - Notícias

Cabo submarino que transmite informações entre Brasil e Europa foi apresentado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia
Cabo submarino que transmite informações entre Brasil e Europa foi apresentado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia
O Ministério da Ciência e Tecnologia colocou em operação o primeiro cabo submarino de alta capacidade que liga o Brasil com a Europa. Foi nesta terça-feira, dia 1 de junho, em cerimônia realizada em Portugal e que contou com a presença do ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, esteve presente no evento.

O cabo construído conta apoio da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e teve o custo estimado em US$ 185 milhões. O equipamento conecta Fortaleza, no Brasil, com Sines, em Portugal, com passagens pela Guiana Francesa, Ilha da Madeira, Ilhas Canárias e Cabo Verde.

Uma das principais vantagens do cabo, apontada pelo ministério, é o fato de as informações não precisarem mais passar pelos Estados Unidos para chegarem na Europa, como ocorre atualmente com a maior parte das transmissões. No total, o cabo submarino possui 6 mil quilômetros de extensão.